Compartilhe com os seus amigos!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someoneShare on LinkedIn
Home Tags Posts marcados com "métodos de extinção de incêndios"

métodos de extinção de incêndios

1 9520

MÉTODOS DE EXTINÇÃO DE INCÊNDIOS

1 – ABAFAMENTO

- É o primeiro método básico de extinção de incêndios, que consiste em reduzir a quantidade de oxigênio para abaixo do limite de 16%.

ABAFAMENTONão havendo comburente para reagir com o combustível, não haverá fogo.

2 – RESFRIAMENTO

- O RESFRIAMENTO é o método mais antigo de se apagar incêndios, sendo seu agente universal a ÁGUA. Consiste em reduzirmos a temperatura de um combustível abaixo da temperatura de ignição, ou da região onde seus gases estão concentrados, extinguindo o fogo.

RESFRIAMENTOCom apenas dois lados do TRIÂNGULO DO FOGO (combustível e comburente), não há combustão.

3 – QUEBRA DA REAÇÃO EM CADEIA

É o processo de extinção de incêndios em que determinadas substâncias são introduzidas na reação química da combustão com o propósito de inibí-la (EM NÍVEL MOLECULAR). Nesse método não há abafamento ou resfriamento. O fechamento de válvula ou interrupção de vazamento de combustível líquido ou Gasoso e retirada de materiais combustíveis do ambiente em chamas  também pode ser considerado QUEBRA DA REAÇÃO EM CADEIA.

1 1998

Os incêndios são classificados de acordo com os materiais neles envolvidos, bem como a situação em que se encontram.

Incêndio classe “A”
São os que se verificam em materiais fibrosos ou sólidos, que formam brasas e deixam resíduos. São os incêndios em madeira, papel, tecidos, borracha e na maioria dos plásticos.

Método de extinção: Resfriamento (uso de água).

Incêndio classe “B”
Ocorrem em líquidos inflamáveis (óleo, querosene, gasolina, tintas, álcool etc.) e também em graxas e gases inflamáveis.

Método de extinção: Abafamento ou da interrupção (quebra) da reação em cadeia.

Incêndio classe “C”
Ocorrem em equipamentos e instalações elétricas, enquanto a energia estiver alimentada. Um motor elétrico queimando, ainda ligado, classifica o incêndio como classe “C”.

Método de extinção: Necessita de agente extintor que não conduza a corrente elétrica e utilize o princípio de abafamento ou da interrupção (quebra) da reação em cadeia.

Incêndio classe “D”
Ocorrem em metais, como lítio e cádmio (em baterias) e magnésio (em motores).

Método de extinção: Necessita de agentes extintores especiais que se fundam em contato com o metal combustível, formando uma espécie de capa que o isola do ar atmosférico (abafamento).